Deixa o Fumo. Mantém a Chama.

20.3.07 6 Comentários A+ a-

Deixar de fumar depende acima de tudo da vontade do fumador.
Na maioria dos casos, deixar de forma repentina torna-se numa situação muito difícil de controlar e o vício acaba por falar mais alto… daí que, deixar de fumar com auxílio e de maneira mais moderada seja talvez a melhor solução.
Falo do Nicotinell - “Um auxiliar para deixar de fumar”, que não só se apresenta como uma terapia de substituição com nicotina controlada (existem diferentes tipos de produtos – goma, adesivo 1 ou 2 - que se adaptam ao grau de dependência da pessoa e ao número de cigarros que geralmente fuma por dia), como nos mostra uma comunicação jovem, capaz de abranger um público mais alargado e destacando o facto de que actualmente, é nos jovens onde está o maior consumo de tabaco.

Nicotinell dá níveis de nicotina que permitem reduzir de forma gradual o consumo desta substância, evitando o abandono do consumo abrupto.

O objectivo do produto é dar o empurrão necessário para tirar do corpo a parte do vício relativa à nicotina, o objectivo da campanha é mostrar que para se estar actual, jovem ou “com a chama acesa” não há qualquer necessidade de fumar.



O produto é eficaz, a campanha muito eficiente!

6 comentários

Deixe os seus comentários
H.
AUTHOR
21 março, 2007 08:25 apagar

Ainda que o conceito-chave da comunicação "Deixa o fumo,Mantém a Chama!" até esteja bastante directa e de fácil percepção, penso que o anúncio poderia estar mais bem conseguido.

Esteticamente, agradam-me as fotos com o movimento do fumo embora não goste da forma como as palavras aparecem...

Penso ainda que o conceito acaba por estar forte e encerra em si uma verdade inegavel: para se ser cool não é necessário fumar!

Para o tipo de produto que anuncia, o spot consegue refrescar um pouco os anúncios de produtos similares.

Resta-nos esperar pela forma como o conceito será (re)adaptado nas próximas comunicações da marca.

Responder
avatar
inês
AUTHOR
21 março, 2007 14:05 apagar

Concordo com h., realmente gostei da mensagem que passou, para se ser "rebelde" (associado à altura em que geralmente se começa a fumar) não é necessário fumar, e se o foi/é, há solução para isso! nem que seja com uma pequena (grande) ajuda!

Responder
avatar
Sara
AUTHOR
21 março, 2007 15:02 apagar

simples e eficaz!apesar de curto consegue passar a mensagem a massa de adolescentes que começa a fumar para ser aceite em diferentes grupos de amigos ou para ter a sensaçao de rebeldia! é nestes que se tem de actuar e mostrar que o cool e o cigarro podem nao ser melhores amigos..

Responder
avatar
ja
AUTHOR
22 março, 2007 11:56 apagar

Esta publicidade é sem dúvida um refresh ao mundo publicitário das terapias de substituição tabagica.

Responder
avatar
Anônimo
AUTHOR
26 março, 2007 05:48 apagar

Cada vez mais somos confrontados com os malefícios do tabaco, e quem tenta deixar de fumar depara-se com uma tarefa bem complicada!... Estes novos produtos anti-tabaco podem ser uma ajuda e se as campanhas publicitárias incluirem também "lições de moral" não muito "maçudas" e de fácil leitura, é de felicitar! Qualquer dia pode ser que seja cool quem não fume :)
Catarina

Responder
avatar
Helena
AUTHOR
26 março, 2007 13:39 apagar

Opa, acheio blog por acaso e adorei ! Esta adicionado nos favoritos, se pudrem e gostarem passe no meu !
beijos

Responder
avatar