Do Viral para a Propaganda

8.6.12 3 Comentários A+ a-

Infelizmente, cada vez mais vemos marcas que pegam vídeos ou imagens famosas das redes sociais e simplesmente colocam a sua marca.

Aqui no Brasil (corrijam-me se estiver errado) começou com o banco Itaú com o vídeo de uma criança rasgando papel.



Com o sucesso, o Itaú resolveu continuar utilizando estes vídeos de sucesso do youtube e lançou a sua nova campanha de investimento com a pequena Lily que sonhava ir à Disney.




Outra campanha que também está circulando, é a da pimenta extra forte da Cepêra que utilizou o projeto "underwater dogs"do fotografo Seth Casteel.  Aqui, apenas tiraram a bolinha que os cachorros perseguiam e colocaram a logo e uma frase.




O que acham deste tipo de publicidade?

3 comentários

Deixe os seus comentários
Leodecannes
AUTHOR
08 junho, 2012 21:48 apagar

Eu nao gosto muito da ideia das agencias usarem virais, sou a favor da agencia criar sua propria propaganda com seu conceito criativo genuino e nao ficar chupando videos da internet.

http://www.publicidadedecriacao.tumblr.com

Responder
avatar
Maiza Barros
AUTHOR
10 junho, 2012 23:11 apagar

Acho que o nome disso é a pos produção né? Fui em uma palestra sobre marketing 3.0 e isso agora é tendencia. eu acho interessante... claro que não é interessante TODAS as marcas usarem os virais, mas eu gostei das propagandas do Itaú com os vídeos... eles têm uma ideia e pegam vídeos do cotidiano de outras pessoas pra passarem essa ideia. eu gostei. =)

Responder
avatar
Anfíbia
AUTHOR
26 setembro, 2012 16:31 apagar

Em excesso isso fica chato, mas de vez em quando é válido aproveitar um ou outro sucesso da web. A surpresa de Lily, por exemplo, é um vídeo muito comovente, mas que não se encaixou tanto com a marca que estava sendo promovida, ficou um tanto quanto forçado.

Responder
avatar